Quero-te


Nem te despediste de mim
nem me disseste sim ou não
mastigo cada silêncio da tua indeferença
sinto o palpitar do coração
atrás da porta, um murmurar
persegues-me em câmara lenta
em cada esquina o teu olhar
e a tensão aumenta...
neste espaço vazio e esfumaçado
perdi-me nos trilhos da minha alma
numa alucinação cega e descompassada
segurei os teus dedos, feitos de nada
fixei os teus olhos, pontos no escuro
deixei-me sufocar pela ãnsia do meu querer
lancei-me no obscuro...
deixei-me morrer...

Comentários

ivone disse…
fez_me lembrar uma música dos xutos

"a vida vai torta
jamais se endireita
o amor persegue_me
esconde_se à espreita


quero_te tanto"


e obrigada pela tua visita
espero que voltes
bj
E a ti voltei anjo azul
misturando as ondas do teu corpo
com as ondas do mar que
sossegava a nossos pés,
provocando rebentações
de prazeres que desaguavam
no meu colo, feito cama
improvisada de sentidos.
Leito de horizontes infinitos
que destroem as barreiras
e permitem o sonhar.
Alguns tornam-se frios! Mas que nunca percas nem os que te rodeiam a vontade de amar! :)

Mensagens populares