Desilusão

A desilusão não tem cor. Não!
Não tem sabor
é uma neblina que trespassa
feito lança e mata...

aquela doce esperança
por entre uma nevoa que nos cega
que mancha o luar
e rasteja vaporosamente.

o medo de sentir
o medo de perder
aquilo que nunca fui
e que um dia serei

O medo...
acaba com o calor da tua mão
sem cessar a desilusao
arde...no peito, queima-me a pele

Neste instante que é a vida
tudo se transforma, folhas de Outono
á deriva no cemitério da minh'alma

Tudo era para ser perfeito
era...
uma leve quimera
meu amor...o que foi que aconteceu
o mundo ja não é meu. não.
ficou mudo,num leve adeus

Comentários

Unknown Artist disse…
A desilusão é sim algo que mata,
que nos rasga a pele,
que faz arder a ferida,
até que seja curada pelo tempo..

Beijinho
Anónimo disse…
Olá, Ruivinha! Gostaria de saber onde foste buscar inspiração... uau! muito bonito.
Grande beijoca.
Anónimo disse…
...O medo de voltar a sentir
o medo de perder
aquilo que nunca fui
e que um dia serei...
Medo não é amar, medo é não ser amada...



Beijinhos
alexandrecastro disse…
li e reli....!
a vida é assim!!!
tb se assim não fosse seria uma "desilusão"!!!!
mímica disse…
Bonito poema (como sempre)!
Feliz Natal e um próspero Ano Novo!

Mensagens populares